A crise do relógio digital

12 abr

Há mais de dois meses os relógios de rua de São Paulo desistiram de marcar o tempo.

A versão oficial diz que o contrato com a empresa que prestava o serviço acabou, mas todo paulistano sabe que a verdade é que os relógios estão sofrendo uma profunda crise de identidade.

Eles constataram recentemente o que já se suspeitava: o tempo não é linear, tudo se repete.

Se os relógios públicos tivessem um ponteiro girando em um eixo circular, ao menos se sentiriam mais coerentes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: